Belém Novo

Cores de Belém, do Poletto à Igreja

Um em ruínas e abandonado; outro sendo renovado pelo esforço comunitário. Duas realidades distintas e atuais de alguns dos mais importantes ícones arquitetônicos de Belém Novo: o antigo Restaurante Poletto (ou Leblon) e a Igreja N. Sra. de Belém Novo. Porém há algo em comum entre esses dois monumentos do bairro: as cores que levam vida ao cimento e alegria aos olhos, mesmo nas bucólicas tardes nubladas de Belém Novo.

Em tempo: está muito legal a combinação de cores da pintura da igreja, mesmo não sabendo qual o padrão de cores original do prédio.

One Response to Cores de Belém, do Poletto à Igreja

  1. Estêvão Ribeiro disse:

    Não sei quais são os planosda população belendrina a respeito das ruínas do poletto. Mas adoraria participar de uma reforma

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *